A madeira tem sido uma das faces da arquitetura moderna. Já que representa uma alternativa mais competitiva em relação às estruturas de aço, por exemplo. Além disso, dentre as vantagens, consideramos o baixo custo da obra pela a facilidade no transporte devido ao peso, e a montagem ser mais rápida.

A madeira como matéria prima ainda não é a principal escolha de arquitetos, engenheiros e projetistas na hora de viabilizar novas estruturas, pois, existe certo preconceito com a utilização dessa matéria prima, muito baseado nas patologias que a madeira apresenta em um prazo consideravelmente curto de tempo se não for devidamente preparada e executada.

Assim como a descoberta de novas tecnologias, como a arquitetura em metal imposta pela Inglaterra na revolução industrial, e a invenção do concreto armado, o mercado vem reconhecendo as vantagens das construções híbridas que mesclam diferentes tecnologias construtivas em uma mesma construção.

Há inúmeras vantagens no uso da madeira como estrutura principal pois ela aceita diversos tipos de materiais para vedação.

A durabilidade por exemplo, se for devidamente preparada desde sua extração, passando por transporte e armazenamento, até chegar no produto final é algo surpreendente. Arqueólogos encontram constantemente peças feitas em madeira, como: armas, esculturas, embarcações, instrumentos musicais, elementos estruturais, sarcófagos que resistiram ao longo da história. Estruturas que desafiam o tempo e vencem as patologias.

Nós da Scali Mendes temos obras em análises e estudos há mais de 20 anos e sabemos exatamente a vantagem de cada tipo de material escolhido, podendo desta forma auxiliar você na escolha do melhor custo benefício para sua obra.